David Ruah - 2017 SUSI on Civic Engagement

«Primeiramente, e em termos académicos, desenvolvi competências fundamentais na área dos direitos humanos, através de um programa teórico-prático que nos levou a estudar temas como o sistema político norte-americano, populismo e democracia, diversidade e racismo, educação ambiental, etc. A liberdade de expressão revelou-se um princípio estrutural deste programa e, por isso, houve lugar para a discussão de temas fraturantes, tais como a legislação norte-americana acerca de armas, sem nunca se colocar em causa a pluralidade de opiniões.

Nesta era de choques civilizacionais, torna-se cada vez mais necessário mobilizar a sociedade civil, de forma a dinamizarem-se iniciativas cívicas que respondam perante problemáticas de direitos humanos. 

Foi com este propósito que viajei para a Columbia, no Estado da Carolina do Sul, de modo a integrar o programa intensivo em Civic Engagement. Embora as minhas expetativas fossem, desde logo, elevadas, o programa surpreendeu-me positivamente.

Primeiramente, e em termos académicos, desenvolvi competências fundamentais na área dos direitos humanos, através de um programa teórico-prático que nos levou a estudar temas como o sistema político norte-americano, populismo e democracia, diversidade e racismo, educação ambiental, etc. A liberdade de expressão revelou-se um princípio estrutural deste programa e, por isso, houve lugar para a discussão de temas fraturantes, tais como a legislação norte-americana acerca de armas, sem nunca se colocar em causa a pluralidade de opiniões.

Além disto, o programa forneceu-nos ainda instrumentos práticos de gestão de projetos sociais, de modo a incentivarmo-nos a promover mudanças positivas nas nossas comunidades. Assim, aprendemos a criar um projeto sustentável, a analisar e gerir os riscos afetos a um projeto ou ainda a avaliar os efeitos do seu impacto.

Do mesmo modo, o programa permitiu-nos adquirir um conhecimento experiencial da realidade histórica e social dos EUA. Através de conferências, visitas a museus, ou pela interação com a comunidade local, descobrimos mais sobre a história dos EUA e a sua ligação com problemas sociais contemporâneos. Por exemplo, aprendemos sobre o modo como o impacto dos tempos da escravatura influenciou as atuais tensões raciais do Sul.  Mas também como Luther King Jr. e os seus contemporâneos tiveram a coragem de marchar contra o racismo e a segregação.

Por outro lado, a própria interação com os meus colegas europeus, que me acompanharam nesta aventura, tornou-se uma aprendizagem de diálogo intercultural. Durante este programa, tive a honra de aprender sobre teologia islâmica com o meu amigo Moussa, ou sobre a história da antiga União Soviética com o meu amigo Edem.

Adicionalmente, este programa suscitou-me questões sobre liderança que tentarei responder futuramente: o que é ser um bom líder? Como é que é se operacionaliza a relação entre um líder e a restante comunidade? É esta relação interdependente? Como educar futuros líderes? É possível ensinar-se a liderar?

Espero que o conhecimento teórico-prático desta experiência me possibilite influenciar positivamente a minha comunidade local, a Europa e, quem sabe, o mundo, através dos mesmos valores que me foram transmitidos neste programa: tolerância, liberdade e espírito crítico.»

David Ruah, setembro de 2017

David Ruah participou no programa SUSI on Civic Engagement organizado pela Universidade da Carolina do Sul nos EUA, durante os meses de julho e agosto. Os custos da participação foram integralmente suportados pelo Departamento de Estado dos EUA.

Links nas Redes

Subscreva Fulbright

Receba as novidades e destaques da Fulbright no seu email:

Iniciar Sessão