Bruna Moreira - 2017 SUSI on Social Entrepreneurship

«A aventura pelo território americano terminou em Washington, onde apresentámos os projetos que foram criados durante o programa. Através destes pudemos expressar as nossas ideias e motivações para pegar em tudo que nos foi ensinado, as ferramentas e exemplos que nos foram dados e ter de facto um impacto positivo no mundo de que somos parte. Porque, “se não for agora, quando? Se não formos nós, quem será?”

Desde o momento que recebi o email da Fulbright no qual o SUSI era apresentado que não consegui abandonar a ideia de candidatar-me. Combinar aprender sobre empreendedorismo social com compreender verdadeiramente, não através de um ecrã de televisão, a cultura americana fez com que me identificasse desde o início com este programa.

Pesquisei, li testemunhos, falei com ex-participantes e quase de imediato preenchi o formulário que marcou o início do que posso, honestamente e sem medo de cair em qualquer exagero, considerar as cinco semanas mais intensas e das mais relevantes que vivi até agora.

A benéfica ansiedade pré-partida dissipou-se num instante quando, muito cedo na viagem, percebi que tudo tinha sido preparado ao detalhe por todos os que nos aguardavam à chegada em Chattanooga.

Este detalhe, aliás, marcou toda esta experiência, começando pelo calendário, repleto de atividades. Os dias eram cheios de emoção. Por vezes parecia que era mais do que a que conseguíamos suportar, mas a verdade é que esta mistura de sensações só nos fazia adorar mais cada dia.

As visitas à cidade, à qual depressa nos rendemos; sessões em empresas indispensáveis para a criação do ambiente empreendedor de Chattanooga e responsáveis por muitas vitórias em termos sociais; oportunidades de voluntariado; visitas a Atlanta, Nashville e Huntsville; assim como, uma viagem final a Nova Iorque, antes da partida para os últimos dias em Washington, demonstraram de uma forma mais ou menos direta quão importante é o sentido de comunidade e como é possível e indispensável criar negócios financeiramente sustentáveis que a impacte positivamente.

O tempo corria demasiado depressa e nós sentiamo-lo. Não havia, por isso, vontade de parar. Tudo era aproveitado e partilhado ao máximo, por mim, pelo Tiago Franco (que representava Portugal tal como eu) e por todos os outros vinte participantes que vinham de outros países europeus. Na verdade, estas vinte e uma pessoas tão únicas que tive a oportunidade de conhecer (não contando com todos os outros que ficaram do outro lado do Atlântico e de quem as saudades já são imensas) deram um sentido muito especial a estas cinco semanas. A diversidade de culturas, pontos de vista e interesses enriqueceu-nos e criou laços que mesmo a distância vai ter dificuldade em quebrar.

A aventura pelo território americano terminou em Washington, onde apresentamos os projetos que foram criados durante o programa. Através destes pudemos expressar as nossas ideias e motivações para pegar em tudo que nos foi ensinado, as ferramentas e exemplos que nos foram dados e ter de facto um impacto positivo no mundo de que somos parte. Porque, “se não for agora, quando? Se não formos nós, quem será?”»

Bruna Moreira, setembro 2017

Bruna Moreira participou no programa SUSI on Social Entrepreneurship organizado pela Universidade do Tennessee em Chattanooga, no Tennessee, nos EUA, durante os meses de julho e agosto. Os custos da participação foram integralmente suportados pelo Departamento de Estado dos EUA.

Links nas Redes

Subscreva Fulbright

Receba as novidades e destaques da Fulbright no seu email:

Iniciar Sessão